Vida

Sara Prata critica regras da DGS nas escolas: "Em causa está o futuro das nossas crianças"

Nada mudou nas escolas face ao último ano letivo e as regras que já vigoravam, devido à pandemia, não agradam a todos os pais. 


Foi através das redes sociais que a atriz Sara Prata expressou o seu desagrado perante a situação vivida nas escolas com as regras impostas pela Direção-Geral da Saúde (DGS) devido à pandemia de covid-19.

Embora a filha da artista ainda não frequente nenhum estabelecimento escolar, Sara já está a ver algumas escolas para a menina, mas o ambiente que encontrou fê-la partilhar um desabafo, sobretudo com outros pais.

“A Amélia ainda não está na escola, mas eu já ando a visitar escolinhas. Entro nas escolas vazias. Quando todos já foram embora. Não vejo educadores, não vejo crianças, não conheço o ambiente onde a minha pequenina vai crescer”, lamentou.

“Há um tempo dizíamos que a escola é uma extensão da nossa casa. Agora são apenas paredes”, acrescentou a atriz, de 37 anos.

“Para todos os pais que neste momento levam os seus filhos e os deixam à porta, a chorar, sem a possibilidade do conforto e de crescimento mútuo, o meu profundo carinho. Junto a minha voz por sentir a necessidade urgente de mudar estas medidas de DGS. Em causa está o futuro das nossas crianças”, rematou.