Internacional

Kate McCann regressa ao trabalho 14 anos após o desaparecimento de Maddie

Kate McCann está a trabalhar "na linha da frente" contra a covid-19.

Kate McCann regressa ao trabalho 14 anos após o desaparecimento de Maddie

Kate McCann voltou a exercer medicina, após dedicar os últimos 14 anos a procurar a filha mais velha Madeleine, ‘Maddie’ como é tratada, desaparecida em maio de 2007 na praia da Luz, no Algarve.

Segundo um amigo da família, em declarações ao jornal britânico The Sun, Kate, agora com 53 anos, está a trabalhar “na linha da frente” na luta contra a covid-19 num hospital de Leicester, tal como o marido Gerry, que é cardiologista.

“A Kate voltou a trabalhar como médica. Ela está a ajudar em hospitais locais por agora e não faz cirurgias”, afirma a fonte. “Ela voltou a trabalhar em tempo integral para ajudar quem mais precisa. Há uma grande procura por médicos qualificados durante estes tempos”.

A fonte revela ainda que “Kate está a gostar de fazer a sua parte para ajudar” e tanto ela, como o marido, “estão muito ocupados”. “Quase nunca os vemos”, acrescentou.

Recorde-se que Madeleine McCann desapareceu aos três anos, na noite de 3 de maio de 2007, após ter ficado a dormir num apartamento de um aldeamento turístico da praia da Luz, em Lagos, sem supervisão próxima de um adulto.

Kate e Gerry McCann são ainda pais de Amelie e Sean, atualmente com 16 anos.

Os comentários estão desactivados.