Vida

Ventura ataca Carolina Deslandes e figuras públicas saem em defesa da cantora: "Boneco sem lábios e de cabelo à escovinha"

Diogo Clemente, ex-companheiro da cantora, foi uma das pessoas que reagiu ao sucedido e deixou um 'aviso' ao líder do Chega.


Carolina Deslandes prepara-se para voltar a pisar o palco dos coliseus, mas nem todos acharam a notícia animadora, nomeadamente André Ventura, que decidiu expor a sua opinião, com críticas à cantora, através do Twitter. A publicação do líder do Chega gerou uma onda de comentários e várias figuras públicas saíram em defesa da artista.

“É o que eu tenho dito: o panorama cultural está a degradar-se a olhos vistos. Tenho saudades das mulheres a sério, à antiga. Que espetáculo que davam”, escreveu André Ventura naquela rede social, ao partilhar a notícia dos espetáculos de Deslandes nos coliseus de Lisboa e do Porto em 2022.

A cantora não ficou indiferente e respondeu ao político.

“Há três coisas que me fazem ter a certeza que estou no caminho certo”, começou por escrever, enumerando depois: “Não ter Twitter; O Ventura não gostar de mim; Não ser ‘à antiga’ e saber mandar po c*ralho”, acresecentou. “Repito : 21 e 22 de janeiro. Mas se fores homofóbico, racista, xenófobo e tudo o que for dessa família, não venhas. Agradecida”, rematou.

Face à publicação de Carolina Deslandes, várias pessoas decidiram expressar publicamente o seu apoio, como foi o caso de Rita Ferro Rodrigues, Jessica Athayde, Luís Borges, Madalena Abecasis, Valter Hugo Mãe, Carlão, Gonçalo Peixoto ou Miguel Cristovinho.

Também Diogo Clemente, ex-companheiro e pai dos filhos da cantora, se expressou sobre o sucedido.

“André Ventura, meu boneco sem lábios e de cabelo à escovinha, só fazes figuras. Mas nós vamos cruzar-nos, amor. Aparte de ser um dos maiores patrimónios culturais portugueses de sempre, é a mãe dos meus filhos. Não te esqueças, Babalu da demagogia. O mano Clemente está a dizer, LY”, escreveu o músico, numa publicação partilhada no seu Instagram.

Sublinhe-se que esta não é a primeira vez que André Ventura e Carolina Deslandes protagonizam uma troca de palavras. Em 2019, o líder do Chega já tinha criticado a cantora, depois de esta partilhar um texto feminista. Mas a relação de Ventura com alguns nomes da música parece mesmo não ser amigável, sobretudo nas redes sociais. O também deputado já se envolveu numa discussão com o cantor Agir.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Carolina (@carolinadeslandes)