Sociedade

Efemérides de 24 de setembro

A chanceler Angela Merkel venceu há 4 anos as suas últimas eleições legislativas na Alemanha.


787 Iniciou-se há 1.234 anos o Segundo Concílio de Niceia (7º Ecuménico do cristianismo, último a ser reconhecido pelas Igrejas romana e ortodoxa, que durou até 13 de Outubro seguinte), para debater a questão das Imagens não aceites pelos imperadores bizantinos.

1731 O Vaticano, governado pelo Papa italiano Clemente XII (1652-1740, entronizado em 1730) concedeu há 290 anos o cardinalato ao núncio de Lisboa (questão que azedava as relações entre Lisboa e a Santa Sé).

1961 Criado há 60 anos em Lisboa o Totobola, o primeiro jogo de apostas mútuas  português.

1999 O então secretário de Estado da Cooperação, Luís Amado, foi o primeiro governante português a visitar há 22 anos Timor-Leste em mais de duas décadas.

2008 Um dos projetos portugueses apresentados no Concurso Europeu de Jovens Cientistas (muito antes de Greta Thurnberg, e mais científico), em Copenhaga, da autoria de três alunos, de Ovar e Arouca, conquistou há 13 anos um dos Prémios Especiais da competição, alusivo às alterações climáticas.

2017 A chanceler democrata cristã Angela Merkel venceu há 4 anos as suas últimas eleições legislativas na Alemanha, embora com um aumento espectacular (mais contido ainda assim do que previam algumas sondagens) do partido Alternativa para a Alemanha, de extrema-direita – e deverá ser substituída em eleições neste domingo próximo, depois de 16 anos no cargo.

2020 O ex-Presidente Donald Trump nomeou há 1 ano a juíza conservadora Amy Coney Barrett para a Suprema Corte dos EUA, para substituir a progressista recentemente falecida Ruth Bader Ginsburg, numa atitude muito controversa e criticada pelos Democratas, que fora também censurada pelos Republicanos em Presidências Democratas que recuaram no final dos seus mandatos (embora menos no final), aparentemente esperando que o Supremo o ajudasse na tentativa de Golpe de Estado após a sua previsível derrota eleitoral (a acreditar nas sondagens, que estavam efectivamente certas).