Sociedade

Trio detido em flagrante por furtos em residências no Algarve

Suspeitos têm antecedentes criminais por furto, crimes contra o património e tráfico de estupefacientes.


Três homens foram detidos em flagrante pela GNR, no passado dia 22 de setembro, por furtos em residências, no concelho de São Brás de Alportel.

 No decurso de uma investigação por furtos em residência, os militares “surpreenderam o suspeito de 62 anos em flagrante quando saía de uma residência”, começa por explicar a GNR, num comunicado divulgado esta sexta-feira. Ao aperceber-se da presença daquela força de segurança o indivíduo, “já referenciado por furtos”, colocou-se em fuga.

O homem foi intercetado pouco depois, “tendo sido apurado que o mesmo aproveitou a ausência da proprietária para entrar na residência e furtar do seu interior diverso material, motivo que levou à sua detenção em flagrante”.

No seguimento das diligências de inquérito, foram detidos outros dois suspeitos, de 30 e 51 anos, “quando tentavam proceder à venda de diverso material furtado em residências, que foi apreendido bem como a viatura em que transportavam o material”.

A GNR deu cumprimento a um mandado de busca domiciliária na residência do suspeito de 62 anos, onde vieram a localizar e apreender diverso material proveniente de diversos furtos, destacando-se: Duas viaturas; duas carabinas de ar comprimido de calibre 5.5mm; 17 cartuchos de calibre 10; um saco de chumbos; um medidor digital; uma rebarbadora; um compressor de ar; diversas ferramentas e material usado em obras; diverso material de pesca; uma televisão; deis relógios; um tablet; um expositor exterior de botijas de gás; diversos sacos utilizados para armazenar alfarrobas e documentos de identificação provenientes de outro furto em residência.

Os suspeitos, com antecedentes criminais por furto, crimes contra o património e tráfico de estupefacientes, serão presentes ao Tribunal Judicial de Faro para aplicação das medidas de coação.