Vida

Will Smith assume relacionamento aberto e diz que "casamento não pode ser uma prisão"

O ator, na entrevista à revista GQ, explicou a evolução do casamento, que começou na monogamia, mas que se tornou num relacionamento mais aberto do que o tradicional.


Will Smith respondeu aos rumores que indicam que ele e a sua mulher, Jada Pinkett Smith, vivem num relacionamento aberto.

O ator, na entrevista à revista GQ, explicou a evolução do casamento, que começou na monogamia, mas que se tornou num relacionamento mais aberto do que o tradicional.

"Houve muitas discussões sobre o assunto, sobre o que é a perfeição na relação? E na maior parte do relacionamento, a monogamia foi o que escolhemos, [mas] não pensamos na monogamia como a única forma", afirmou Will Smith, ao explicar que Jada “nunca acreditou no casamento convencional”.

“Ela tinha membros da família que tiveram uma relação não convencional. Por isso, cresceu de uma maneira diferente de todos nós", apontou o ator.

Tanto Will como Jada, segundo o ator, confiam um no outro e por isso na sua ideia de casamento, a liberdade deve ser mútua e tem de existir, pois para o casal, o matrimónio “não pode ser uma prisão”.

"Não aconselho o nosso caminho a ninguém. Mas as experiências das liberdades que demos um ao outro e o apoio incondicional, para mim, é a grande definição do amor", considerou o ator que está casado desde 1997 com mãe dos filhos Jaden e Willow Smith.