Sociedade

Emitidos mandados de captura internacional para João Rendeiro

O despacho, datado desta quarta-feira, estará a ser formalizado para seguir para a Europol, Interpol, PSP e Polícia Judiciária.


A juíza encarregue pelo processo em que João Rendeiro foi condenado a dez anos de prisão, no passado mês de maio, mandou emitir mandados de captura internacional para prender o ex-presidente do Banco Privado Português (BPP).

A notícia está a ser avançada pela SIC Notícias que revela que o despacho, datado desta quarta-feira, está a ser formalizado para seguir para a Europol, Interpol, PSP e Polícia Judiciária.

Recorde-se que o ex-banqueiro, condenado na terça-feira a três anos e seis meses de prisão, informou o tribunal que não iria comparecer à “audiência presencial” marcada para a próxima sexta-feira, com o objetivo de lhe serem alteradas as medidas de coação.

Já num texto publicado no blogue Arma Crítica, João Rendeiro defendeu que a sua fuga se tratava de um ato de “legítima defesa” e que tinha tornado num “bode expiatório de uma vontade de punir os que, afinal, não foram punidos”.

Além da condenação conhecida ontem, o ex-presidente do BPP foi condenado, em maio, a dez anos de prisão por crimes de abuso de confiança, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais, sendo os mandados de captura referentes a este processo, e, em julho de 2020, a cinco anos e oito meses por falsidade informática e falsificação de documentos, processo que transitou em julgado a 17 de setembro deste ano.