Sociedade

Agridem e amarram homem em autocaravana para o roubar no Porto

Vítima ficou arramada dentro da autocaravana durante cerca de cinco horas, enquanto os suspeitos faziam compras e levantamentos de dinheiro com o seu cartão bancário.

 


Um homem de 31 anos foi detido, na quarta-feira, por suspeitas da “prática dos crimes de sequestro, roubo, ofensa à integridade física e burla informática”, revelou, esta quinta-feira, a Polícia Judiciária.

Os crimes ocorreram ontem, por volta das 7h na cidade do Porto, quando o detido, acompanhado de um outro indivíduo não identificado, abordou um homem que estava a dormir no interior de uma autocaravana. Segundo revela a PJ, a vítima foi agredida “violentamente” e amarrada na parte traseira da vítima.

“Na posse da autocaravana, os suspeitos dirigiram-se para a zona de Santo Tirso, onde procederam a levantamentos em ATM e compras em estabelecimentos comerciais, com um cartão bancário, cujo código PIN foi fornecido pelo ofendido após ser sujeito a violentas sevícias”, acrescenta a nota.

A vítima ficou “manietada de brancos e pernas” dentro da autocaravana durante cerca de cinco horas, “até que aproveitando a desatenção de um dos sequestradores, quando estavam a fazer compras, conseguiu libertar-se e fugir”.

O detido, desempregado, com antecedentes policiais por crimes contra a propriedade, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.