Internacional

Japão. Princesa Mako define data do casamento, mas sem cerimónia

Depois do casamento, o casal está a pensar em ir viver para os Estados, onde Kei Komuro trabalha num escritório de advocacia. 


Depois de polémicas e escândalos, a princesa Mako e o seu noivo, Kei Komuro, marcaram o seu casamento para o final deste mês – no dia 26 de outubro – mas sem uma cerimónia tradicional.

A princesa, de 29 anos, que deverá renunciar ao seu título real para poder casar com Kei Komur, está a passar por uma fase agitada e com alguma ansiedade causada pela reação da população - claramente contra o casamento – desde que surgiram, em 2018, relatos de disputas financeiras na família Komuro.

Mas o apoio internacional foi chegando, dando forças à princesa para que continue a lutar pelo seu casamento independentemente dos obstáculos. Mako também não aceitará a oferta de 1,35 milhões de dólares dos contribuintes destinada a suavizar o golpe de abdicar do seu título - tornando-se na primeira cara da família real do Japão a rejeitar o pagamento.

O casal está a pensar em ir viver para os Estados Unidos após o casamento, onde Komuro trabalha num escritório de advocacia.