Economia

Ministro das Finanças convida Gabriel Bernardino para presidente da CMVM

Gabriel Bernardino substitui Gabriela Figueiredo Dias, cujo mandato terminou no passado mês de junho.


Gabriel Bernardino será o próximo presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). O anúncio foi feito na tarde desta segunda-feira pelo Ministério das Finanças.

“O Ministro de Estado e das Finanças, João Leão, convidou Gabriel Rodrigo Tavares Bernardino a assumir o cargo de presidente do Conselho de Administração da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM)”, lê-se na nota. Gabriel Bernardino substitui assim Gabriela Figueiredo Dias, cujo mandato terminou no final do passado mês de junho.

A nota do gabinete de João Leão informa ainda que “foi solicitado à Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CReSAP) o relatório de avaliação curricular e adequação de competências ao exercício de cargo ao qual se aplica o estatuto de gestor público e o estatuto dos membros do Conselho de Administração da CMVM”.

Depois desse parecer, será proposta à Comissão de Orçamento e Finanças da Assembleia da República a respetiva audição.

Gabriel Rodrigo Tavares Bernardino é licenciado em Matemática e Mestre em Estatística e Optimização. Iniciou a sua carreia profissional no Instituto de Seguros de Portugal em 1989, tendo ocupado o cargo de diretor do Departamento de Desenvolvimento entre 2000 e 2007 e de Diretor Geral de Desenvolvimento e Relações Institucionais entre 2007 e 2010.

Em 2007 presidiu o grupo de trabalho Solvência II do Conselho da União Europeia, tendo sido responsável pela negociação da Diretiva Solvência II com os Estados-Membros e o Parlamento Europeu. Integrou o Comité Europeu dos Supervisores de Seguros e Pensões Complementares de reforma (CEIOPS) em 2006 tendo ocupado o cargo de presidente do Conselho de Administração deste organismo entre 2009 e 2010. Entre 2011 e março de 2021 foi presidente da Autoridade Europeia de Supervisão dos Seguros e Pensões Complementares de Reforma (EIOPA).