Internacional

Pedreiro estrangulou jovem com preservativo e escondeu corpo em parede de obra

Crime macabro está a chocar o Brasil. 


O caso da morte de uma jovem, de 25 anos, natural de São Vicente, no litoral de São Paulo, está a chocar o Brasil. Joice Rodrigues, que tinha desaparecido no passado dia 27 de setembro, foi vítima de um crime macabro e o seu corpo foi encontrado esta terça-feira escondido no interior de uma parede de um imóvel em construção.

O principal suspeito do homicídio, um pedreiro, de 56 anos, foi detido no mesmo dia e confessou que estrangulou a jovem com um preservativo e que escondeu o corpo no interior de uma parede, que tapou com cimento. Foi ainda detido outro suspeito, que o pedreiro alegou ter tido envolvimento no crime.

De acordo com o site G1, a estudante foi encontrada na parede de um imóvel em construção, obra na qual o principal suspeito estava a trabalhar.

Segundo o site brasileiro, o homem alegou que estrangulou a vítima com um preservativo depois de manter relações sexuais com a mesma. A investigação já tinha apurado que antes do desaparecimento, a jovem tinha estado na rua na qual se localiza a obra e que se tinha encontrado com o pedreiro.

No seu primeiro depoimento, o suspeito disse que tinha tido relações sexuais com Joice, que tinha consumido drogas e que, depois disso, a estudante tinha desaparecido.

Esta terça-feira, o corpo viria a ser encontrado, sem roupas, pelo proprietário do terreno numa parede em que o acabamento estava mal feito.

Não são ainda conhecidas as motivações do crime.