Internacional

Jovem de 18 anos que disparou numa escola secundária detido pela polícia norte-americana

De acordo com o chefe da polícia de Arlington, o tiroteio aconteceu durante uma briga que começou numa sala de aula e provocou quatro feridos. 


Um tiroteio, esta quarta-feira de manhã, na Escola Secundária Timberview, em Arlington, no estado norte-americano do Texas, provocou quatro feridos. O autor dos disparos é um estudante de 18 anos, esteve em fuga e agora já está sob custódia da polícia norte-americana. 

Após o tiroteio, Timothy George Simpkins pôs-se em fuga num automóvel prateado - um Dodge Charger prateado -, explicou o Departamento da Polícia de Arlington na rede social Twitter, ao indicar também que o jovem foi "levado sob custódia, sem incidentes", tendo sido "acusado de diversas agressões agravadas pelo uso de arma de fogo". 

De acordo com o chefe da polícia de Arlington, Kevin Kolbye, o tiroteio aconteceu durante uma briga que começou numa sala de aula. Das quatro pessoas feridas, duas foram atingidas pelos disparos e duas outras apenas apresentaram ferimentos, cuja explicação ainda é desconhecida, afirmou o agente norte-americano. 

"Pelo menos três dos feridos são estudantes e dos quatro feridos três foram conduzidos ao hospital para tratamento", disse Kevin Kolbye numa conferência de imprensa, frisando que este "não é um ato de violência ocasional" e que não se tratou de "alguém que tenha atacado a escola".