Sociedade

Tabuleiro inferior da Ponte Luiz I fecha durante um ano para trabalhos de reabilitação

Para diminuir os impactos, serão construídas umas plataformas para a passagem de peões.  


A partir do dia 14 de outubro, o tabuleiro inferior da Ponte Luiz I, que liga Porto e Gaia, vai fechar para trabalhos de reabilitação que irão decorrer durante um ano. Para diminuir os impactos, serão construídas umas plataformas para a passagem de peões.  

Segundo um comunicado da Infraestruturas de Portugal (IP), divulgado esta quarta-feira, esta intervenção visa reparar um conjunto de anomalias já identificadas, a maioria das quais relacionadas com a corrosão superficial de elementos metálicos e outras que venham a ser identificadas no decorrer das obras, que terá o custo de 3,3 milhões de euros.

A IP explicou que a reabilitação do tabuleiro inferior da ponte vai atribuir uma melhor capacidade de resistência às sobrecargas rodoviárias atuais, ao passar a admitir a circulação de veículos com peso bruto superior até 60 toneladas em vez de ser apenas até 30.

"A intervenção no tabuleiro inferior tem ainda em vista a redução das vibrações induzidas pela passagem de grandes grupos de peões durante eventos festivos ou desportivos, controlando-se as vibrações horizontais à custa do aumento da rigidez e aumento da massa do tabuleiro", também esclareceu a instituição.

Para o vice-presidente da IP, José Serrano Gordo, considera esta obra é de “especial importância pela história e relevância” que a Ponte Luiz I tem para as duas grandes cidades do Porto e de Vila Nova de Gaia, que ficaram ligadas em 1886 através desta construção.