Sociedade

Detido por agredir o pai de 78 anos que arranjou part-time para suportar as suas necessidades

Homem tem antecedentes criminais por violência doméstica, ofensas à integridade física e furto qualificado. Está vigiado por pulseira eletrónica.


Um homem de 29 anos foi detido, na terça-feira, por violência doméstica, na localidade de Ribamar, em Mafra, revelou, esta quinta-feira, a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Segundo a autoridade, o “suspeito exercia violência física, psicológica e financeira contra a vítima, seu pai de 78 anos”.

A vítima era obrigada a dar ao filho o dinheiro da sua reforma, mas como não era suficiente para suportar as despesas da casa e as necessidades do agressor, o idoso, “apesar da sua idade avançada, arranjou um emprego em part-time”,

Durante a investigação, os militares “apuraram ainda que o suspeito partia objetos de casa quando estas necessidades não eram satisfeitas”.

O detido, com antecedentes criminais por violência doméstica, ofensas à integridade física e furto qualificado, tendo já cumprido pena por este crime, foi presente na quarta-feira, ao Tribunal Judicial de Sintra, onde lhe foi decretada a medida de coação de afastamento e proibição de contacto com a vítima, vigiado por pulseira eletrónica.