Sociedade

Portuguesa morre atropelada à porta da escola dos filhos em Inglaterra

Rita deixou dois filhos. 


Rita Bento Magni, uma portuguesa de 30 anos, morreu atropelada em Sheffield, Inglaterra, na passada segunda-feira enquanto esperava numa paragem de autocarro que os dois filhos saíssem da escola primária.

A portuguesa terá sido atingida por um Renault Clio, após este ter colidido com um Opel Astra na junção da Chapelwood Road com a Phillimore Road. De acordo com um comunicado da polícia de South Yorkshire já foram detidos dois homens, ambos de 21 anos, por suspeitas de homicídio por condução perigosa. 

O acidente ocorreu pelas 14h53 e o óbito foi declarado no local.

Ao orgão de comunicação britânico The Star, o cunhado de Rita afirmou que a mulher era “uma excelente pessoa” e uma “mãe e esposa carinhosa”. O familiar acrescentou ainda que “educada, simpática e estava sempre a sorrir” e que tinha “boas relações com os vizinhos e professores, que a conheciam por ela ser tão sorridente”.

No local do acidente, multiplicam-se as flores e as mensagens em homenagem a Rita.