Cultura

"Ciao, Torino". Já é conhecida a próxima cidade a receber o Festival Eurovisão da Canção

Itália recebe o Festival Eurovisão da Canção após a vitória da banda Maneskin. 


Depois de Roterdão, nos Países Baixos, Turim é a próxima cidade a receber o Festival Eurovisão da Canção (ESC, na sigla em inglês). A decisão foi anunciada, esta sexta-feira, pela televisão estatal Rai e surge quase cinco meses após a banda Maneskin ter levado para Itália o troféu pela terceira vez, com o tema Zitti e Buoni.

“Turim é a cidade perfeita para receber a 66.ª edição do Festival Eurovisão da Canção”, afirmou o supervisor executivo do ESC, o sueco Martin Österdahl.

Turim, no norte de Itália, foi a cidade escolhida depois de vencer as candidatas Bolonha, Milão, Pesaro e Rimin, e o facto de ter recebido os Jogos Olímpicos de Inverno, em 2006, pesou na decisão.

“Como vimos durante os Jogos Olímpicos de Inverno de 2006, [a arena] PalaOlimpico excede todos os requisitos necessários para receber um evento de escala global e ficámos muito impressionados com o entusiasmo e empenho da cidade de Turim, que receberá milhares de fãs no próximo mês de maio”, acrescentou Österdahl.

Já o diretor executivo da Rai, Carlo Fuortes, afirma que a decisão da emissora “não foi fácil” devido “ao alto nível de propostas feitas pelas outras cidades candidatas”.

“Graças à bonita vitória dos Maneskin, o festival regressa a Itália 31 anos depois, numa cidade que tem todas as características para receber um evento tão prestigioso”, afirmou.

Para poder receber o Festival Eurovisão da Canção, as cidades candidatas têm de reunir um conjunto de condições. Deverão ter uma arena fechada com capacidade para receber entre oito a dez mil pessoas, com espaço para o palco, salas de imprensa e divisões para todas as delegações dos países participantes, que costumam ser entre 38 a 42. A arena deverá também estar disponível durante um período de nove semanas.

As cidades devem ainda ter um aeroporto internacional a menos de 90 minutos de distância e terem hotéis disponíveis para receber 20 mil pessoas.