Sociedade

Doentes internados com covid-19 diminuem

Casos ativos voltam a estar abaixo dos 30 mil.


Portugal registou, nas últimas 24 horas, 704 novos casos de covid-19 e sete óbitos, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado este sábado. Desde o início da pandemia, já foram diagnosticados 1.074.813 infeções e há a lamentar 18.034 vítimas mortais.

O Norte é a região que concentra o maior número de novas infeções: 235. Segue-se imediatamente Lisboa e Vale do Tejo, com 230 novos casos, o Centro com 112, o Alentejo com 59 e o Algarve com 44. No arquipélago dos Açores há mais 13 infetados e no da Madeira mais 11.

Das sete mortes, três ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, três no Norte e uma no Algarve.

O número de internamentos voltou a descer. Há agora 321 pessoas com sintomas da covid-19 internadas nos hospitais portugueses, menos 11 do que ontem. Em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) há 55 pessoas, mais três.

Por outro lado, mais 767 pessoas recuperaram da doença, elevando para 1.026.795 o total de recuperados no país desde o início da pandemia.

Há agora 29.984 casos ativos no país, menos 70 do que ontem, e as autoridades de saúde têm 23.431 contactos em vigilância.

Os valores da incidência e do rácio de transmissibilidade (RT) foram atualizados ontem, sexta-feira e revelaram um aumento no valor do RT. Segundo o boletim da DGS, Portugal tem uma incidência de 86,5 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias e Portugal continental de 86,7. Já o RT é de 0,92 em todo o território nacional e de 0,91 quando analisado apenas o continente.

Consulte aqui o boletim na íntegra.