Internacional

Caso Gabby Petito. Ex-agente do FBI diz que Brian Laundrie será provavelmente encontrado na sua "zona de conforto"

"Ele está num lugar onde provavelmente recebe cuidados de outras pessoas", declarou Terry Turchie. 


O ex-agente do FBI Terry Turchie disse à Fox News que fugitivos como Brian Laundrie "tendem a tentar descobrir" como podem chegar à sua "zona de conforto" durante a fuga e geralmente são localizados nesses mesmos lugares.

Laundrie, de 23 anos, é procurado por acusações de fraude por ter usado o cartão de débito da namorada Gabby Petito, de 22, e é considerada pelas autoridades a única "pessoa de interesse" na investigação do homicídio da jovem que havia sido dada como desaparecida no passado dia 11 de setembro.

"As pessoas não mudam porque se tornam fugitivas", disse Turchie, que passou um ano nas montanhas da Carolina do Norte entre 1998 e 1999 a liderar a procura por Eric Robert Rudolph - bombista conhecido por provocar o terror no sul dos EUA. "Eles tendem a tentar descobrir como podem ficar na zona de conforto". O facto de Laundrie gostar de fazer caminhadas e apenas alguns especialistas terem sugerido que se encontrará a viajar no deserto ou na estrada, tendo sido relatados variados potenciais avistamentos, esta teoria têm vindo a ganhar credibilidade. No entanto, há quem acredite que o fugitivo pode estar mais perto de casa a receber ajuda de outras pessoas.

"É evidente que ele não está num acampamento ou numa caverna em algum lugar frio ou com água cheia de cobras. Ele está num lugar onde provavelmente recebe cuidados de outras pessoas", declarou Turchie. "Quando constatamos a forma como ele voltou a correr para casa depois de algo obviamente ter acontecido... isso basicamente diz-nos aquilo que ele provavelmente está a fazer agora".

Laundrie e Petito estavam a viajar pelo país quando a rapariga desapareceu e Laundrie voltou para a sua casa em North Port, no estado norte-americano da Flórida, no dia 1 de setembro. Os pais de Laundrie relataram o seu desaparecimento às autoridades somente a 17 de setembro, mas recentemente disseram que a última vez que o viram foi quatro dias antes.