Economia

Coca-Cola avança com despedimento coletivo que abrange 48 pessoas em Portugal

A Coca-Cola prevê despedir 2200 funcionários globalmente, dos quais 48 em Portugal, mas não revela que condições serão oferecidas aos trabalhadores.

 


O grupo Coca-Cola vai avançar com um despedimento coletivo que irá abranger 48 pessoas em Portugal, avançou a RTP3, esta segunda-feira.

De acordo com a estação pública, a empresa não adiantou quais as condições que vão ser oferecidas aos seus trabalhadores e justificou a medida com o processo de reestruturação que tem em curso e que foi acelerado por causa da pandemia.

O processo de elimininação de postos de trabalho a nível global já tinha sido anunciado pela Coca-Cola no final do ano passado, com maior impacto nos Estados Unidos, onde se encontra a sede da multinacional, estando previsto serem despedidos 1200 funcionários. 

Em todo o mundo, a Coca-Cola prevê eliminar 2200 postos de trabalho.