Economia

OE2022. Valor mínimo do subsídio de desemprego fixado definitivamente em 504 euros

Medida que tinha sido criada para fazer face à pandemia vai manter-se.


O patamar mínimo do subsídio de desemprego que se aplicou este ano devido à pandemia vai manter-se e tornar-se definitivo, situando-se nos 504 euros.

Esta é uma das medidas do Orçamento do Estado para o próximo ano. “O subsídio de desemprego vai ter definitivamente um valor mínimo de 1,15 IAS (504 €, ie, acima do limiar de pobreza) para quem tinha um trabalho a tempo inteiro. E continuará a ser majorado no caso de famílias monoparentais ou em que ambos os membros do casal se encontrem desempregados”, lê-se no documento.

Recorde-se que o Governo tinha avançado com este aumento este ano como uma medida para fazer face à pandemia.