Economia

OE 2022. "Não seria compreensível" o chumbo do orçamento, diz Leão

Ainda assim, garantiu que o Governo está sempre aberto a discutir com os outros partidos, revelou durante a conferência de imprensa de apresentação da proposta de Orçamento do Estado.


Para o ministro das Finanças, a proposta de Orçamento do Estado tem várias preocupações que vão ao encontro das preocupações do PCP e do Bloco de Esquerda e, como tal, entende que não seria compreensível" que o documento não fosse aprovado.

Ainda assim, garantiu que o Governo está sempre aberto a discutir com os outros partidos, revelou durante a conferência de imprensa de apresentação da proposta de Orçamento do Estado.

"Este orçamento melhora o rendimento das famílias, nomeadamente através do pacote do IRS. Também é um orçamento que aumenta de forma muito significativa os apoios às famílias, nomeadamente com os abonos de família e que apoia de forma particular as famílias mais pobres", diz, acrescentando que "estes são temas importantes para o Bloco de Esquerda e para o PCP" e que "este é o pacote mais ambicioso de sempre" que "não agrava o IRS para ninguém, só reduz".

E acrescenta:"Estamos convictos de que o orçamento tem condições para ser aprovado. É um orçamento decisivo para o país numa fase muito importante e permitirá ultrapassar rapidamente a crise. É um orçamento absolutamente crítico e decisivo e não seria compreensível que o país não tivesse este instrumento para a recuperação.