Sociedade

Dispositivo de combate a incêndios no terreno até 31 de outubro

Em causa estão as previsões meteorológicas, que continuam favoráveis à ocorrência de incêndios rurais. 


O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, prorrogou até 31 de outubro o dispositivo terrestre de combate a incêndios rurais nos corpos de bombeiros.

Em comunicado, esta quarta-feira, o Ministério da Administração Interna explica que a prorrogação surge face às previsões meteorológicas, “que continuam favoráveis à ocorrência e desenvolvimento de incêndios rurais”. O objetivo é “assegurar a manutenção de um dispositivo de resposta adequado ao risco de incêndio rural”.

De acordo com a tutela, este dispositivo manterá um efetivo de 3.933 bombeiros, correspondendo a 798 equipas, apoiados por 848 veículos, que complementam o dispositivo permanente terrestre, e os 41 meios aéreos que se mantêm ao serviço até ao final de outubro, nos termos da Diretiva Operacional Nacional n.º 2.