Sociedade

Cinco detidos por crimes de roubo na área do Porto

Suspeitos têm entre 19 e 69 anos.


A Divisão de Investigação Criminal do Dispositivo de Segurança Pública do Comando Metropolitano do Porto, desencadeou na terça-feira uma operação policial que visou indivíduos que, de forma organizada, "se dedicavam à prática dos crimes de roubo, furto de veículos e furto qualificado em estabelecimentos de restauração e postos de abastecimento de combustível, (subtraindo máquinas de venda automática) na área metropolitana do Porto, assim como em Aveiro, Braga e Viana do Castelo", informou a autoridade num comunicado às redações.

A investigação contemplou 15 buscas domiciliárias que resultaram na detenção de cinco pessoas - três homens e duas mulheres com idades compreendidas entre os 19 e os 69 anos - e na apreensão de uma arma de fogo (uma espingarda de caça), um bastão extensível, uma soqueira, 450 maços de tabaco e outros produtos tabágicos, 492 boletins de apostas mútuas (raspadinhas), 11.900€ em dinheiro”, diversos computadores e telemóveis, várias peças de vestuário e calçado utilizado nos ilícitos em investigação, ferramentas diversas utilizadas na destruição dos elementos de segurança dos estabelecimentos (marretas, cintas e ganchos de arrasto), entre outros artigos.

A PSP refere ainda que detidos "são suspeitos da prática de cerca de duas dezenas de furtos, mormente realizados no interior de estabelecimentos de café, pastelarias, restaurantes e postos de abastecimento de combustível, de onde procediam à subtração de máquinas de venda automática, entre outros bens" e que os ilícitos eram executados através do recurso a veículos furtados.

"De salientar que a operação desenvolvida pela Divisão de Investigação Criminal contou com a colaboração do Destacamento da Unidade Especial de Polícia, de equipas de Intervenção Rápida da 1.ª e 2.ª Divisões Policiais deste Comando Metropolitano, assim como, contou com o apoio da GNR na sua área de jurisdição", lê-se no comunicado.

Os detidos foram esta quarta-feira presentes ao Ministério Público, junto das Autoridades Judiciárias.