Sociedade

Mulher de João Rendeiro tem até quarta-feira para entregar obras de arte em falta

Polícia Judiciária não encontrou 15 das 124 obras de arte da coleção de João Rendeiro, arrestada em 2010. Entretanto, “cerca de metade das obras não encontradas” já foram localizadas.

Mulher de João Rendeiro tem até quarta-feira para entregar obras de arte em falta

Maria de Jesus Rendeiro tem até à próxima quarta-feira para entregar à Polícia Judiciária (PJ) as 15 obras de arte não encontradas de João Rendeiro e será interrogada na sexta-feira, segundo um despacho da juíza do processo BPP a que a agência Lusa teve acesso este sábado.

De sublinhar que a coleção de arte do ex-banqueiro, da qual Maria de Jesus Rendeiro é a fiel depositária, foi arrestada em novembro de 2010, para garantir o pagamento de indemnizações aos lesados do BPP.

A entrega das peças de arte justifica-se “pelo risco que constitui para a manutenção das garantias subjacentes à apreensão a recente indiciação de que três dos objetos apreendidos foram, entretanto, falsificados”.

A mulher do ex-presidente do BPP deverá esclarecer a situação em tribunal, numa diligência que irá contar com a participação do Ministério Público e o assistente [credores do BPP]. Segundo a própria, num requerimento entregue ao tribunal na segunda-feira, "cerca de metade das obras não encontradas" pela PJ já foram localizadas.

Os comentários estão desactivados.