Vinagrete

Cavaco volta a atacar

Fui conquistado por ele, e pelo seu Governo. Mas noutros tempos. Hoje, não acho má a situação, e prefiro o PR que lhe sucedeu. Na verdade, penso relativamente arrepiado, o que seria se ele mantivesse ainda responsabilidades.


Cavaco Silva volta atacar, como sabe fazer melhor (com artigos nos jornais contra a situação), mas penso que numa altura de menor prestígio pessoal.

Foi o que se passou com o seu artigo no Expresso. O que não significa não ser muito respeitável o que lá diz.

Claro que, depois do que ele disse contra os que se manifestavam contra o seu governo, esperaríamos que não voltasse a recorrer a este expediente. Na verdade, talvez apenas estivesse contra intervenções do seu bloco político.

Fui conquistado por ele, e pelo seu Governo. Mas noutros tempos. Hoje, não acho má a situação, e prefiro o PR que lhe sucedeu.

Na verdade, penso relativamente arrepiado, o que seria se ele mantivesse ainda responsabilidades.

Além do mais, ao considerar PCP e BE da extrema esquerda, vê-se que não andou em Direito, quando Marcello Caetano era muito cioso das classificações: BE e PCP poderiam ser da esquerda radical, mas não da extrema esquerda; também é certo que ele (Caetano) chamava ao salazarismo uma democracia autoritária, o que poderia ter sido se ele próprio levasse a efeito a ‘abertura’ anunciada, ou se houvesse ao menos mais respeito pelas leis, nomeadamente pela Constituição que o próprio Regime elaborou.