Sociedade

Incidência e RT voltam a aumentar em Portugal. Três mortes por covid-19 das últimas 24h ocorreram no Norte

Nas últimas 24 horas, Portugal ultrapassou a marca das 1.080.000 infeções desde o início da pandemia. Pelo segundo dia consecutivo, mais infetados com covid-19 deram entrada nos hospitais, havendo agora mais 300 pessoas internadas com o vírus. A incidência e o Rt voltaram a subir. 


Portugal registou, nas últimas 24 horas, 291 casos do novo coronavírus e três óbitos, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta segunda-feira. Pelo segundo dia, mais infetados com covid-19 deram entrada nos hospitais portugueses, havendo agora mais 300 pessoas hospitalizadas com o vírus. Ocorreram apenas mortes na região Norte. 

Portugal soma agora 1.080.097 casos confirmados de SARS-CoV-2, tendo ultrapassando a marca das 1.080.000 infeções desde o início da pandemia nas últimas 24 horas. A nível de óbitos, o país já contabilizou 18.100. 

O número de internados continua a aumentar, havendo agora 312 pessoas internadas com covid-19, mais 17 em relação a domingo. Esta subida também se sente nas Unidades de Cuidados Intensivos, que têm agora 62 infetados, mais um do que ontem. 

A região do Norte registou 93 novos casos e também as três mortes que ocorreram nas últimas 24 horas. Ainda assim, Lisboa e Vale do Tejo voltou a diagnosticar o maior número de novas infeções - 102 do total de 291. Já o Centro reportou 31 contágios, o Alentejo 22 e o Algarve 16. No arquipélago dos Açores foram registados 22 casos e na Madeira cinco. 

Os valores da incidência e do rácio de transmissibilidade (RT) foram atualizados hoje e voltaram a subir face os dados de sexta-feira. Segundo o boletim da DGS, a incidência acumulada em todo o país passou de 84,2  casos de infeção por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias para 84,3 e no território continental passou de 84,4 para 84,7. Quanto ao RT, subiu de 1 para 1,01 a nível nacional e para 1,02 no continente. 

Agora, o país tem 30.205 casos ativos, menos 104 em relação a domingo. Mais 392 pessoas recuperaram da doença, elevando o total para 1.031.792. Atualmente, as autoridades de saúde têm 21.174 contactos em vigilância, menos 222. 

Consulte aqui o boletim da DGS em íntegra