Economia

Natal traz subida de preços para os consumidores

Estudo da Salesforce aponta para uma subida de até 20% nesta período.


Os preços ao consumidor podem subir até 20% durante o período do Natal. A previsão é de um estudo da Salesforce divulgado esta quinta-feira que prevê ainda que as vendas globais online de retalhistas em todo o mundo devem crescer 7% em comparação com o mesmo período homólogo.

Segundo a Salesforce, A empresa estima que as “compras online dos consumidores nesta época cheguem, mais uma vez, a um bilião de dólares a nível global, mas os consumidores, retalhistas e fornecedores deverão enfrentar um aumento dos custos e stock reduzido devido à pressão global na gestão da cadeia logística”, lê-se na nota da empresa.

É que apesar de considerar que o crescimento das vendas online se deverá manter moderado em comparação com o aumento histórico de 50% do ano passado, a Salesforce prevê que os hábitos de compra online iniciados durante a pandemia vão persistir e assim “impulsionar as vendas totais para taxas recorde neste período”.

Assim, “o crescimento do comércio digital será impulsionado por um aumento de 20% nos preços ao consumidor, apesar de menos pedidos de encomendas durante o período de festas (-2% a nível global e -4% nos Estados Unidos)”.