Sociedade

Pulseira eletrónica para homem que agredia mulher "física, psicológica e sexualmente"

Suspeito chegou a ameaçar companheira com faca de cozinha para lhe exigir obediência.


A GNR deteve, no passado dia 19 de outubro, em Montemor-o-Novo, um homem, de 50 anos, por violência doméstica.

A força de segurança explica, esta sexta-feira, em comunicado, que, no decorrer da investigação, foi possível apurar que o suspeito agredia a vitima, a sua companheira, de 53 anos, “física, psicológica e sexualmente, chegando mesmo a utilizar uma faca de cozinha para a ameaçar, com a intenção de a aterrorizar e de lhe exigir obediência”.

O detido foi presente a primeiro interrogatório, no dia 20 de outubro, no Tribunal Judicial de Évora, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de proibição de contactos com a vítima, por qualquer forma ou meio, controlado por pulseira eletrónica, num raio de 500 metros, apresentações periódicas no posto policial da sua área de residência, proibição de adquirir e usar armas de fogo, devendo ainda entregar as armas de fogo que eventualmente tenha na sua posse.