Vida

Realizador atingido por disparo acidental nas filmagens de 'Rust' quebra silêncio: "Estou arrasado"

Caso está a ser investigado.


Joel Souza, realizador que ficou ferido, na sequência de um disparo acidental nas gravações do filme ‘Rust’, e do qual resultou a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, comentou, pela primeira vez, o sucedido.

Em comunicado, já depois de ter recebido alta hospitalar, o cineasta, de 48 anos, disse estar “arrasado”.

“Estou arrasado com a perda da minha amiga e colega, Halyna. Ela era gentil, vibrante, incrivelmente talentosa, lutava por cada detalhe e sempre me forçou a ser melhor”, disse.

Na mesma nota, Joel Souza diz estar “honrado e agradecido pelas demonstrações de afeto” da comunidade cinematográfica, bem como da população de Santa Fé, onde decorreu o incidente.

Recorde-se que o caso está a ser investigado pelas autoridades. Halyna Hutchins morreu depois de o ator Alec Baldwin disparar uma arma de adereço, que não era suposto estar carregada.