Cultura

Leilão de obras de Picasso em Las Vegas rende mais de 93 milhões de euros

Onze obras do artista espanhol Pablo Picasso foram vendidas no sábado por 108 milhões de dólares, o equivalente a 93 milhões de euros, num leilão em Las Vegas, nos Estados Unidos. 

 


A venda de onze obras de Pablo Picasso, incluindo um retrato da sua musa e amante Marie-Thérèse Walter, durante um leilão organizado pela leiloeira Sotheby's no sábado, 23 de outubro, em Las Vegas arrecadou 108 milhões de dólares, o equivalente a 93 milhões de euros, no mês do aniversário dos 140 anos do nascimento do pintor espanhol.

O leilão foi realizado no Hotel Bellagio, e teve como objecto parte da colecção de arte pertencente à empresa americana proprietária de hotéis e casinos MGM Resorts.

A grande “joia do leilão”, foi "Femme au béret rouge-orange" de 1938, em português “Mulher com boina vermelho-laranja”, um dos últimos retratos que o artista fez de Walter e que inspirou muitos trabalhos do artista na década de 1930.

A obra foi arrematada por 40,47 milhões de dólares, o equivalente a 34,8 milhões de euros, tendo ultrapassado a base de licitação, que estava estabelecida entre os 20 e os 30 milhões de dólares.

A pintura foi realizada numa altura em que Picasso tinha já iniciado uma nova relação com a fotógrafa (e a sua musa seguinte) Dora Maar (1907-1997). Segundo a leiloeira, tratou-se de “um dos períodos mais inspirados e mais produtivos” da carreira do artista espanhol.

Também foram vendidos dois retratos emblemáticos produzidos pelo pintor nos últimos anos da sua vida: "Homme et enfant" por 24,39 milhões de dólares (20,97 milhões de euros) e "Buste d'homme", por 9,45 milhões de dólares (8,13 milhões de euros), este último abaixo do preço inicial estimado em 10 milhões de dólares.

As demais obras leiloadas no hotel Bellagio de Las Vegas incluem cerâmicas, trabalhos em papel e naturezas mortas.