Politica

Catarina Martins: "O Governo quer uma crise política? Talvez queira"

A líder do Bloco de Esquerda considera que a posição do Governo é de uma "enorme irresponsabilidade".


Catarina Martins acusou, esta terça-feira, o Governo de "fechar a porta a todas” as propostas do Bloco de Esquerda para o Orçamento do Estado para 2022, considerando que o Executivo “talvez queira” uma crise política.

“Porque é que o Governo diz que não a propostas tão sensatas, tão ponderadas, tão fundamentais? O Governo quer uma crise política? Talvez queira. É de uma enorme irresponsabilidade”, disse a líder dos bloquistas aos jornalistas, no final de uma manifestação dos cuidadores informais em frente à Assembleia da República.

Horas antes do debate do Orçamento do Estado, agendado para esta tarde, Catarina Martins disse não compreender “porque é que o PS não quer uma solução para este Orçamento do Estado”.

“Eu não consigo compreender qual é a estratégia do Governo, a não ser querer eleições antecipadas e eu acho isso de uma tremenda irresponsabilidade, mas o Bloco de Esquerda aqui está hoje, amanhã, em todos os dias, para construir soluções”, rematou.

A Assembleia da República vai debater, pelas 15h, a proposta do OE2022, que deverá ser chumbada na votação na generalidade, amanhã, caso se mantenha voto contra anunciado pelo BE e PCP.