Tecnologia

"Jacuzzi genital". COSO é um novo método contracetivo masculino capaz de parar espermatozóides

COSO é uma invenção de uma empreendedora alemã, que decidiu desenvolver novos métodos contracetivos masculinos, através do sistema de ultrassons, depois de lhe ter sido diagnosticado cancro devido à pílula. 


Uma cientista e empreendedora alemã venceu o prémio Dyson no país com um novo método contracetivo: um objeto tecnológico que é capaz de parar os movimentos dos espermatozoides temporariamente, evitando a gravidez.

COSO é o nome da pequena máquina, que se assemelha a uma sauna para os testículos. Através de um sistema de ultrassons com água, aquecida à temperatura necessária e colocada até à marca sinalizada, o homem mergulha o órgão durante vários minutos, impedindo os espermatozoides de se mobilizarem. O tempo pode ser cronometrado pela aplicação da máquina.

"Decidi explorar o desenvolvimento de uma nova abordagem contraceptiva para homens", indicou Rebecca Weiss, licenciada em design industrial pela Universidade de Munique, aos Prémios Dyson na Alemanha, citada pelo New York Post.

"O COSO oferece uma abordagem contracetiva de fácil utilização, sem qualquer tipo de intervenção física, dor ou efeitos secundários previamente conhecidos", apontou Weiss, que começou a pensar numa alternativa concecional depois de lhe ter sido diagnosticado, há cerca de um ano, um cancro devido à pílula, notando a falta de métodos contracetivos masculinos, ao contrário das opções que foram desenvolvidas para as mulheres.

COSO é uma das 20 invenções nomeadas para o prémio internacional da Dyson, que elege as melhores criações da engenharia. O vencedor será conhecido a 17 de novembro e irá receber mais de 35 mil euros. Clique aqui para perceber mais sobre a máquina no site dos Prémio Dyson. 

Na primeira utilização da “pequena sauna”, a criadora indica que deve ser sob supervisão de um médico e demora duas semanas a fazer o devido efeito. Depois são apenas necessárias sessões de dois em dois meses para regular o efeito paralisador.

Embora COSO já tenha revelado a sua eficácia, ainda não são conhecidos os efeitos a longo prazo. Segundo uma investigação, o “jacuzzi genial” é eficaz durante um período máximo de seis meses, sem causar um efeito permanente na concetividade dos homens.

O próximo passo de COSO é iniciar a fase de testes clínicos para que possa estar disponível ao público, uma vez que já foi testada em animais.