Vida

Um casamento adiado pela pandemia

A filha mais velha de Bill Gates e Melinda French Gates celebrou o amor que nutre por Nayel Nassar em duas cerimónias, no passado fim de semana. O evento decorreu na sua quinta, em Nova Iorque, que lhe foi oferecida pelos pais aquando da finalização da licenciatura em Biologia Humana, na universidade de Stanford.

DR  


Volvidos dois meses da oficialização do divórcio de Bill Gates e Melinda French Gates, o antigo casal encontrou-se no casamento da filha mais velha, Jennifer, de 25 anos. A jovem casou, no fim de semana passado, na sua quinta no condado de Westchester, em Nova Iorque, com Nayel Nassar, de 30, cavaleiro norte-americano de origem egípcia. 

No Instagram, enquanto Bill publicou uma fotografia do casal a entreolhar-se, Melinda veiculou uma em que o mesmo podia ser visto a caminhar de mãos dadas. «Que alegria celebrar a luz e o amor de @jenniferkgates e @nayelnassar no fim de semana passado. Estou muito grata por termos encontrado uma maneira de nos reunirmos em segurança neste dia especial». Sabe-se que a cerimónia contou com a presença de aproximadamente 300 convidados.

Segundo a noiva, em declarações à Vogue, no dia seguinte ao da celebração do casamento, o casal alargou a comemoração a mais familiares e amigos totalmente vacinados e com teste covid-19 negativo. «Sentimo-nos incrivelmente afortunados por podermos reunir-nos com os nossos entes queridos em segurança», declarou à revista que conta com 128 anos de história. «Sabemos que outros não têm tanta sorte, especialmente, porque a pandemia continua a devastar comunidades nos Estados Unidos e em todo o mundo».

«Sentimo-nos muito gratos por todos os envolvidos que nos mantiveram no caminho certo e ajudaram a dar vida à nossa visão. Um conselho que recebemos [durante todo o processo de planeamento] foi não nos esquecermos de que este dia é sobre nós e o nosso amor. Acho que realmente mantivemos isso no centro das nossas mentes durante o planeamento e tentámos garantir que as nossas famílias e os nossos amigos pudessem divertir-se», explicou a estudante de Medicina da Icahn School of Medicine Mount Sinai. 

Sabe-se que os noivos deram início às festividades com uma primeira dança ao som de Yellow Lights, música que foi escrita e interpretada pelo seu amigo e artista Harry Hudson. «Depois de uma cerimónia tão significativa, queríamos que os nossos amigos e familiares desfrutassem de boa comida e entretenimento», esclareceu a filha mais velha de Bill e Melinda. «Foi uma bela noite e um sonho tornado realidade para os dois!».

«Tem sido um ano desafiante, tanto coletivamente com a pandemia como para as nossas famílias que estão a passar por transições», elucidou a rapariga, referindo-se, principalmente, ao divórcio dos pais. O fundador da Microsoft e um dos homens mais ricos do mundo, e a companheira, cientista especializada em computação, estavam casados desde 1994. «Depois de muito pensar e trabalhar, decidimos terminar o nosso casamento», começaram por dizer numa publicação partilhada nas redes sociais no passado mês de maio. «Durante os últimos 27 anos criámos três crianças incríveis e construímos uma fundação que trabalha em todo o mundo para que todas as pessoas possam levar uma vida saudável e produtiva», era possível ler. 

À época, na nota, assinada por ambos, afirmaram que continuariam a trabalhar na Bill and Melinda Gates Foundation. «Pedimos espaço e privacidade para a nossa família à medida que começamos a navegar nesta nova vida», terminaram. Bill, de 65 anos, e Melinda Gates, de 57, conheceram-se na Microsoft em 1987. 

Apesar das adversidades, Jennifer realçou que «o amor um pelo outro tem sido uma constante», sendo que importa referir que a jovem e o agora marido ficaram noivos em janeiro de 2020, mas as regras sanitárias impostas pela pandemia levaram a que o casamento fosse adiado.