Economia

Metro de Lisboa regista adesão de 45,37% na greve parcial desta quinta-feira

Greve foi convocada pela Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS).


O Metropolitano de Lisboa informou que a adesão global à greve parcial desta quinta-feira de manhã foi de 45,37%.

“Na sequência da greve parcial convocada pelas organizações sindicais para hoje, dia 28 de outubro, no período compreendido entre as 05h00 e as 09h30 para a generalidade dos trabalhadores, e entre as 09h30 às 12h30 para os Administrativos e Técnicos Superiores, o Metropolitano de Lisboa informa que o índice global de adesão à mesma atingiu 45,37% em relação ao número total de trabalhadores escalados (908 trabalhadores) para os referidos períodos”, lê-se.

“O Metropolitano de Lisboa encontra-se recetivo à discussão das propostas apresentadas pelas entidades sindicais, sendo as mesmas objeto de negociação”, acrescenta a empresa.

Os trabalhadores aderiram à greve em protesto contra o congelamento salarial e exigem o preenchimento imediato do quadro operacional e as progressões na carreira. Está agendada nova greve parcial para o dia 2 de novembro e uma greve de 24 horas para 4 de novembro.