Politica

PSD marca Conselho Nacional extraordinário para 6 de novembro

O líder do PSD chegou a defender que o partido devia ponderar o adiamento dessas eleições internas, mas o candidato à liderança Paulo Rangel não concorda.


O PSD marcou um Conselho Nacional extraordinário para 6 de novembro, em Aveiro. O i já tinha avançado na semana passada que o partido tinha este assunto em cima da mesa. 

A reunião vai decidir a antecipação para dezembro do Congresso do partido, que está marcado para janeiro. 

Na ordem de trabalhos está "a análise da situação política decorrente da não aprovação do Orçamento do Estado para 2022 e da previsível dissolução da Assembleia da República, e alteração ao “Regulamento da Eleição do Presidente da Comissão Política Nacional e do 39.° Congresso Nacional” e respetivo cronograma".

Recorde-se que as eleições diretas do PSD estão marcadas para 4 de dezembro.

O líder do PSD chegou a defender que o partido devia ponderar o adiamento dessas eleições internas, mas o candidato à liderança Paulo Rangel não concorda.