Economia

Carros. Vendas caem 30% em outubro

Nos dez meses do ano foram colocados em circulação 150.009 novos veículos automóveis, o que representou uma diminuição de 33,5% relativamente a 2019, apesar da comparação com 2020 mostrar um aumento de 4,4%, revelam os dados da ACAP.


Foram matriculados pelos representantes legais de marca a operar em Portugal 13424 veículos automóveis novos, em outubro, ou seja, menos 29,5% que no mesmo mês de 2019 e menos 19% quando comparado com igual período do ano passado.

Nos dez meses do ano foram colocados em circulação 150.009 novos veículos automóveis, o que representou uma diminuição de 33,5% relativamente a 2019, apesar da comparação com 2020 mostrar um aumento de 4,4%, revelam os dados da ACAP. 

Em relação aos automóveis ligeiros de passageiros, em outubro foram matriculados em Portugal 10.576 carros, menos 32,4% do que no mesmo mês do ano de 2019. Em comparação com outubro de 2020 o mercado registou uma queda de 22,7%. "Esta forte queda, tanto por comparação como o mês homólogo de 2020, como de 2109, reflete, essencialmente, a continuação da crise dos semicondutores", refere a associação.

De janeiro a outubro, as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 123.101 unidades, o que se traduziu numa variação negativa de 35,1% relativamente ao período homólogo de 2019. Em comparação com os mesmos dez meses de 2020, o mercado registou um aumento de 3,2%. 

Também o mercado de ligeiros de mercadorias registou uma evolução negativa de 19,4% face ao mês homólogo do ano de 2019, situando-se em 2.575 unidades matriculadas. Quando comparado com outubro de 2020, verifica-se um decréscimo de 5%. Em termos acumulados, o mercado atingiu 22.872 unidades, o que representou um decréscimo de 26,4% face ao período homólogo do ano de 2019 e um aumento de 8,4% em comparação com o período homólogo de 2020. 

Em relação ao mercado de veículos pesados, o qual engloba os tipos de passageiros e de mercadorias, em  outubro verificou-se um aumento de 3,1% em relação ao mês homólogo de 2019, tendo sido comercializados 496 veículos desta categoria. Em comparação com o mesmo mês de 2020, o mercado registou um aumento de 21,3%. De janeiro a outubro, as matrículas desta categoria totalizaram 4036 unidades, o que representou um decréscimo do mercado de 16,8% relativamente ao período homólogo de 2019 e um aumento de 22,7% quando comparado com o mesmo período de 2020.