Internacional

Número de violações registado na Inglaterra e no País de Gales bate recorde

Aumento pode refletir "uma série de fatores".


Os dados oficiais do Gabinete de Estatística Nacional (ONS, sigla em inglês) publicados esta quinta-feira revelaram que o número de crimes de violação em Inglaterra e no País de Gales aumentou em 8 %, um valor recorde.

“A violação foi responsável por 37% de todos os crimes sexuais registados pela polícia. O número de crimes de violação no ano que terminou em junho de 2021 foi o valor anual mais elevado de sempre (61.158 crimes)”, revelou o relatório.

O ONS disse que o registo foi impulsionado por um grande aumento entre abril e junho, no qual houve 17.300 crimes de violação, em comparação com uma média trimestral de entre 12.000 e 15.000. O aumento pode refletir "uma série de fatores, incluindo o impacto de casos e campanhas de grande visibilidade na vontade das vítimas de denunciar incidentes", em vez de apenas um aumento do número de violações cometidas.

Nick Stripe, diretor das estatísticas da criminalidade no ONS, disse que se deve ter alguma cautela ao interpretar os números. “O aumento pode ser devido a um maior número de denúncias de vítimas à medida que o confinamento diminuiu, a um aumento no número de vítimas, ou a um aumento na vontade das vítimas de denunciar os incidentes, potencialmente como resultado de casos e campanhas de grande visibilidade nos últimos tempos”.

O ONS afirmou que a subnotificação tornou difícil determinar o verdadeiro nível de abusos domésticos em Inglaterra e no País de Gales, mas os dados dos serviços de apoio sugerem que se intensificou durante os períodos de confinamento.