Economia

Metro de Lisboa regista adesão de 44% na greve de 24 horas

Circulação de comboios só deverá ser retomada na manhã de sexta-feira. 


A greve de 24 horas dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa registou na tarde desta quinta-feira uma adesão global de 44,5%, anunciou a empresa.

“Na sequência da greve de 24 horas convocada pelas organizações sindicais para hoje, dia 04 de novembro, para a generalidade dos trabalhadores, o Metropolitano de Lisboa informa que o índice global de adesão à mesma atingiu, às 15:00 horas, 44,45% em relação ao número total de trabalhadores escalados (1064 trabalhadores) para o referido período”, lê-se num comunicado.

A empresa sublinha, na mesma nota, que se encontra recetiva “à discussão das propostas apresentadas pelas entidades sindicais, sendo as mesmas objeto de negociação”.

Note-se que a greve teve início pelas 00h00 desta quinta-feira, mas obrigou à interrupção da circulação dos comboios desde as 23h00 de quarta-feira. A circulação só deverá ser retomada às 06h30 de sexta-feira.

Os trabalhadores protestam contra o congelamento salarial e exigem o preenchimento imediato do quadro operacional e as progressões na carreira.