Internacional

Deputada paraguaia gera polémica após arrasar rainha Letizia: "Jornalista transformada em rainha" | Vídeo

Deputada fez duras críticas a Letizia.


Uma deputada paraguaia teceu duras críticas à rainha Letizia, que realizou recentemente uma viagem de cariz humanitário ao Paraguai.

Ainda que a viagem da mulher de Filipe VI de Espanha tenha sido alvo de diversos elogios, não agradou a todos, como foi o caso da deputada Celeste Amarilla, que durante uma sessão da Câmara dos Deputados, esta quarta-feira, se mostrou ofendida com as roupas usadas por Letizia e se dirigiu à mesma como uma “jornalista que virou rainha”.

“A pátria mãe mandou-nos vacinas grátis e hoje envia-nos a sua jornalista transformada em rainha, uma rapariga de origens humildes, jornalista de profissão, pela qual o príncipe se apaixonou. Hoje vem ver a pobreza do Paraguai, para ver que esmola nos dar", começou por dizer a deputada, que se focou depois no facto de Letizia ter escolhido usar roupas informais, nomeadamente um colete vermelho da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento .

"Não acredite esta jornalista que virou rainha que morremos pela sua saudação, talvez precisemos do seu dinheiro, mas, dona Letizia, nós merecíamos um dos vestiditos que tem no armário, não o colete que o seu segurança e a sua secretária usam”, acrescentou.

Esta intervenção gerou uma série de críticas nas redes sociais, incluindo da empresa responsável pela fabricação do colete, que é paraguaia.
 
“O ‘colete do quarto grau’ como a deputada diz, foi fabricado pela nossa empresa a pedido da Cooperação Espanhola. Uma PME nacional. Se quer um vestido, pode comprá-lo com o bom salário que ganha”, afirmou a Uniformes Fabricato, no Twitter.

Sublinhe-se que a rainha de Espanha viajou para o Paraguai numa viagem de cooperação, entre 2 e 4 de novembro, acompanhada da secretária de Estado de Cooperação Internacional, Pilar Cancela Rodríguez.