Politica

Distrital de Lisboa do PSD vai a votos no sábado

Ângelo Pereira – atual presidente – será desafiado por Jorge Humberto – ex-vice presidente da concelhia do PSD Amadora.


Paralelamente ao Conselho Nacional do PSD, a distrital do partido em Lisboa irá a votos no sábado. À liderança candidatam-se Ângelo Pereira – atual presidente – e Jorge Humberto – ex-vice presidente da concelhia da Amadora (que se demitiu depois de Suzana Garcia ser anunciada candidata).

Carlos Silva, presidente da mesa da Assembleia Distrital de Lisboa, anunciou terem sido entregues duas listas: a ‘Lista A’, encabeçada por Ângelo Pereira, e a ‘Lista X’ de Jorge Humberto. A menos que sejam encontradas irregularidades nas listas, consolidar-se-ão assim as duas candidaturas à segunda maior distrital do partido em número de militantes.

Em 2019, Sofia Vala Rocha, perdia a corrida à distrital de Lisboa para dar lugar ao primeiro mandato de Ângelo Pereira. Este teve 82% dos votos face aos 18% de Sofia.  Nas eleições do PSD em 2020, Ângelo Pereira apoiou a candidatura de Miguel Pinto Luz (atual vice-presidente da Câmara de Cascais), que ficara em terceiro lugar. Já na segunda volta, apoiou Montenegro – que acabara por perder para Rio.

 Já Jorge Humberto, apoiante de Rio, demitiu-se em maio do cargo de vice-presidente da concelhia da Amadora após o anúncio de Suzana Garcia como candidata a esta Câmara.