Internacional

Comandantes de submarino nuclear que bateu despedidos

O USS Connecticut bateu contra uma montanha submarina e o incidente enfureceu Pequim, que exigiu saber o que é que o submarino americano andava a fazer na região. 


A marinha norte-americana demitiu o comandante Cameron Aljilani e dois outros oficiais do USS Connecticut, um submarino nuclear que bateu contra uma montanha oceânica, o mês passado, numa região disputada do mar da China.

15 marinheiros ficaram com ferimentos ligeiros e o submarino foi obrigado a vir à superfície, durante uma semana, obrigando-o a ficar em reparações numa base naval em Guam, um território norte-americano no Pacífico. O submarino ainda está a ser verificado, prevendo-se que regresse a Washington para mais reparações, segundo a CNN.

O incidente deixou Pequim furioso, questionando a Casa Branca sobre porque é que estavam a fazer patrulhas submarinas nesta região disputada.