Vida

Modelo diz que é discriminada por ser "bonita": "As pessoas têm medo de mim e não querem falar comigo"

Finalista do concurso Miss Eslováquia em 2016, Veronika tem mais de um milhão de seguidores no Instagram, mas nem tudo lhe corre bem pelo mundo das redes sociais.


Uma modelo e influencer eslovaca, que tem mais de um milhão de seguidores nas redes sociais, acabou por ganhar destaque na imprensa internacional após falar sobre as dificuldades de ser... bonita.

Veronika Rajek, de 25 anos, que vive atualmente em Viena, Áustria, diz que a sua conta de Instagram está a ser excluída porque os utilizadores consideram que é “bonita demais” para ser real e queixa-se de não ter amigos.

Numa entrevista publicada pelo New York Post, Rajek fala em “discriminação” e diz que as pessoas ficam demasiado intimidadas para abordá-la.

“As pessoas pensam que sou um robô de inteligência artificial ou algum impostor. Eu também me considero um alienígena... Nem as pessoas acreditam que eu existo”, disse.

“Eu não acho que sou perfeita ... mas as pessoas têm medo de mim e não querem falar comigo. Estou pior, pois as pessoas tornam as coisas mais difíceis para mim porque sou bonita”, acrescenta, referindo que está constantemente a receber mensagens negativas de pessoas que a acusam de usar filtros e Photoshop nas imagens que publica.

“Eu não faço ajustes, moldes ou uso filtros”, garante. “Uso uma ferramenta de alisamento de pele, mas acho que é normal”, acrescenta a modelo, que foi finalista do concurso Miss Eslováquia em 2016.

“Eu sou mais criticada por mulheres porque elas têm ciúmes”, declarou, negando ainda que tenha feito cirurgias plásticas.

Acusada de fazer implantes mamários, a modelo viajou até ao Dubai para conseguir um exame que provasse a naturalidade do seu peito.

“As pessoas questionam a naturalidade dos meus seios, então fui ao médico ... para provar que eles são reais, sem realces, objetos ou cicatrizes. A minha médica ficou realmente surpresa, pois ela pensou que eu tinha feito uma cirurgia também e disse que eu tinha os seios naturais mais bonitos", realçou.
 
Apesar das dificuldades que diz enfrentar, Rajek diz que não trocaria de lugar.

“Não tenho muitos amigos, mas sinto-me bem”, refere, deixando uma dica para aqueles que se sentes menos “abençoados” geneticamente.

“Se te sentes linda da forma que és, então és linda. Se te cuidares, também podes ser bonita”, sublinha a modelo, que gosta de destacar que tem um “rosto e um corpo naturais criados por Deus”.