Politica

"Depois das eleições, é com Costa que espero negociar soluções", diz Catarina Martins

Coordenadora do BE não gostou do que ouviu da boca de Costa na entrevista à RTP e esclareceu. 


Catarina Martins recorreu às redes sociais, esta terça-feira, para comentar a recente entrevista do primeiro-ministro, António Costa, à RTP, nomeadamente um momento que a coordenadora do Bloco de Esquerda adjetivou de “infeliz”. Em causa está o facto de Costa ter afirmado que o BE o queria tirar da liderança do Partido Socialista.

“Num momento infeliz da entrevista à RTP, António Costa atribuiu-me declarações que nunca fiz, nem farei, sobre o futuro da liderança do PS”, começou por dizer.

“Depois das eleições, é com António Costa que espero negociar soluções. E vou debatê-las na campanha, mesmo que isso atrapalhe o apelo à maioria absoluta”, esclareceu.

Sublinhe-se que as declarações em questão surgiram numa altura em que o primeiro-ministro falava sobre o futuro da ‘gerigonça’. “A direção do PCP diz que não quer mais ‘geringonça’, a Catarina Martins diz que temos de tirar o António Costa da liderança do PS para haver um entendimento à Esquerda. Quem manda no PS são os militantes, ainda não é a Catarina Martins”, afirmou o secretário-geral do PS.