Sociedade

Mais de 100 alunos de Bragança em isolamento profilático

Existem três professores e um aluno infetados numa escola do primeiro ciclo. 


Mais de uma centena de alunos do 1º ciclo de uma escola em Vinhais, no distrito de Bragança, estão, desde esta quarta-feira, em casa como medida preventiva de propagação contra a covid-19, depois de terem sido detetados quatro casos positivos.

A decisão de prosseguir para o isolamento foi tomada pela Direção-Geral da Saúde (DGS), o que levou a encerrar aquela escola do primeiro ciclo com seis turmas e aproximadamente 105 alunos. A informção foi dada pelo diretor do Agrupamento de Escolas D. Afonso III, Rui Correia, à agência Lusa.

Segundo o diretor estão confirmados três casos de infeção por covid-19 em professores e um num aluno, tudo referente ao primeiro ciclo.

Os casos começaram a ser detetados na passada segunda-feira e, de acordo com as orientações da Autoridade de Saúde, todos os alunos e professores que testarem positivo terão de ficar em isolamento, apesar de os docentes já estarem vacinados contra o novo coronavírus.

O período de isolamento será de 10 dias se fizerem um teste agora e outro antes de regressar à escola e de 14 dias se não realizarem o teste.

A escola vai adotar o ensino à distância, como já aconteceu anteriormente devido à pandemia. 

Rui Correia lembrou ainda que as atuais regras sanitárias não obrigam as crianças do primeiro ciclo a usar máscara e que, embora possam não ter sintomas, são transmissoras do vírus, pelo que o isolamento é uma medida que evita a propagação.

Neste agrupamento de escolas há também uma turma do 7.º ano, com 12 alunos, a faltar às aulas, mas por decisão dos pais que não deixaram os filhos ir à escola mediante o que se está a passar. 

No distrito de Bragança o número de casos tem vido a aumentar, sendo que, na terça-feira, foram divulgados um total de 275 casos nos 12 concelhos do distrito. O concelho mais populoso, o de Bragança, contabilizava 175 do total. O concelho de Vinhas, onde se localiza a escola tinha 20 casos ativos.

 

Os comentários estão desactivados.