Internacional

Alemanha regista 50.196 casos de covid-19, mais 10 mil do que o recorde de ontem

O país conta com cerca de 67% da população vacinada contra a covid-19 e alguns dos estados mais afetados – como a Saxónia e a Baviera – introduziram novas restrições para pessoas não vacinadas.


A Alemanha registou, esta quinta-feira, mais 50.196 casos de covid-19. É o quarto dia consecutivo que o país regista o número máximo de casos, sendo que ontem foram registados quase 40 mil casos. Segundo dados revelados pelo Instituto Robert Koch, a incidência de novos casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias aumentou de 232 para 249.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, as autoridades alemãs já registaram mais de 4,8 milhões de casos e 97 mil mortes, 235 das quais nas últimas 24 horas.

Na quarta-feira, a chanceler cessante Angela Merkel descreveu o aumento de infeções no país como “dramático”. “A pandemia volta a alastrar-se de forma espetacular”, disse, citada pelo seu porta-voz, apelando às autoridades regionais para implementarem mais medidas para conter a propagação do vírus.

O país conta com cerca de 67% da população vacinada contra a covid-19 e alguns dos estados mais afetados – como a Saxónia e a Baviera – introduziram novas restrições para pessoas não vacinadas.

Já em Berlim, a partir de segunda-feira, vai ser proibido o acesso de pessoas não vacinadas a restaurantes sem esplanadas, bares, ginásios e cabeleireiros, passando a ser obrigatório a apresentação do certificado de vacinação ou de recuperação.