Vida

Princesa Charlene está de regresso ao Mónaco mas poderá não voltar a viver no Palácio

Seis meses depois, Charlene está de regresso ao Mónaco.


A princesa Charlene regressou esta semana ao Mónaco, depois de seis meses na África do Sul. Contudo, poderá não voltar a viver no Palácio com o marido, o príncipe Alberto.

Recorde-se que a princesa acabou por ficar mais tempo do que o planeado no seu país de origem, depois de sofrer com uma infeção grave nos ouvidos, nariz e garganta, que a impediu de viajar e que a levou a passar por três cirurgias. Durante este período, vários foram os rumores de que o casamento de Charlene com o príncipe Alberto não estaria nos melhores dias, obrigando o casal a desmentir uma possível separação.

Agora, com a princesa do Mónaco a regressar para junto do marido, a ideia da separação começa a desfazer-se. Ainda assim, a princesa não está a viver no palácio, o que parece levantar algumas dúvidas.

Segundo revela o Daily Mail, que cita a cunhada de Charlene, Chantell Wittstock,  “não está claro” que a princesa volte a viver no palácio, pelo menos a tempo inteiro.

Sublinhe-se que, já antes de ter viajado para a África do Sul em maio, Charlene já se encontrava a viver num apartamento, que ficava a cerca de 300 metros de distância do Palácio.

“Ainda não sabemos. Provavelmente, ela irá deslocar-se entre os dois, onde quer que esteja confortável”, disse. “E não está ainda claro onde ela se vai instalar ou algo do género. A princesa está muito entusiasmada por ver os seus filhos e eles estão muito entusiasmados por voltar a ver a sua mãe. Por isso, veremos onde ela se vai instalar. Mas será com o marido e os seus filhos”, indicou.

Questionada sobre os rumores de crise no casamento,  Chantell Wittstock não respondeu diretamente, mas passou uma mensagem clara: “Não é algo que eu possa comentar. Mas o que posso dizer é que a princesa está de volta ao Mónaco com o seu marido e filhos, e isso devia dizer tudo”, completou.