Sociedade

Covid-19. Número de mortos chega este domingo aos 15, valor pela última vez registado em agosto

Sete das quinze mortes registaram-se na região do Centro. 


Nas últimas 24 horas, foram diagnosticados 1.483 novos casos de covid-19 em Portugal e registadas 15 mortes associadas à doença. De acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado este sábado, o país soma agora um total acumulado de 1.107.488 infetados desde o início da pandemia, dos quais 18.257 não resistiram. A última vez que o número de mortes atingiu a dezena foi a 16 de outubro, há quase um mês, sendo que só recuando até 26 de agosto é possível contabilizar o mesmo número de vítimas mortais que hoje. 

Lisboa e Vale do Tejo voltou a ser a região com maior número de novas infeções diagnosticadas nas últimas 24 horas, com 499 novos casos. Segue-se o Norte, com 388, o Centro, com 329, o Algarve, com 145 e o Alentejo, com 46. Já nas ilhas, o Arquipélago da Madeira registou 62 novos casos e o dos Açores, 15.

Já o número de mortes não seguiu a mesma tendência. O maior número de óbitos foi registado no Centro, onde houve a registar sete vítimas mortais. Segue-se o Norte, com mais 4 mortes, e as regiões de Lisboa e Vale do Tejo e do Algarve com duas vítimas mortais cada uma. 

Também o número de internados se encontra em ascensão. Estão este domingo internadas mais 41 pessoas do que ontem, elevando o total para 465. Já nas Unidades de Cuidados Intensivos estão 75 utentes, mais seis do que sábado.

Por outro lado, recuperaram da doença 462 pessoas, sendo agora o número total de recuperados desde o início da pandemia de 1.051.300.

Estão este domingo 37.931 casos de covid-19 ativos, mais 1006 do que ontem, sendo que as autoridades de saúde têm sob vigilância 32.005 contactos, mais 387 do que no último balanço. 

Os valores da incidência e do rácio de transmissibilidade (RT) foram atualizados na sexta-feira e comprovam que Portugal continua a escalar na zona vermelha da matriz de risco. A incidência nacional é de 134,2 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Quando considerado apenas o território continental, a incidência é de 133,3. Já o Rt é de 1,15 a nível nacional e continental.

Consulte aqui o boletim na íntegra.