Sociedade

Cinco detidos e mais de 2200 doses de canábis apreendidas na Covilhã

Suspeitos foram detidos por condução sob o efeito de álcool, posse de arma proibida e tráfico de estupefacientes. 


O Comando Territorial de Castelo Branco da GNR deteve, no sábado, através do Destacamento Territorial da Covilhã, cinco homens, tendo ainda apreendido 2265 doses de canábis, numa operação de prevenção e combate à criminalidade.

Dos cinco detidos, com idades compreendidas entre os 21 e os 63 anos, três conduziam com uma taxa de álcool igual ou superior a 1,2 gramas de álcool por litro de sangue, um deles estava na posse de uma arma proibida (soqueira) e outro foi detido por tráfico de estupefacientes.

No caso do detido por tráfico, este mostrou um comportamento suspeito quando abordado pelas autoridades, tendo, por isso, sido sujeito a uma revista de segurança, tanto ao prórpio suspeito como ao carro que conduzia.

"Foi detetado diverso material estupefaciente previamente dividido e acondicionado em embalagens individuais no interior da viatura", lê-se no comunicado divulgado pela GNR.

Foi ainda efetuada uma busca domiciliária "que culminou na apreensão total de 2.265 doses de canábis, prontas a comercializar, bem como diverso material de preparação e acondicionamento de produto estupefaciente", acrescenta a autoridade.

Os comentários estão desactivados.