Sociedade

"Vós sois o orgulho de Portugal", diz Marcelo a contingente de militares que partiu para a República Centro-Africana

O chefe de Estado destacou que “não é um ou dez casos” que possam vir a acontecer que vão abalar a reputação dos militares portugueses, aludindo à Operação Miríade.


O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esteve esta terça-feira presente na cerimónia de despedida de um contingente de 110 militares que partiu para a República Centro-Africana (RCA).

O chefe de Estado destacou que “não é um ou dez casos” que possam vir a acontecer que vão abalar a reputação dos militares portugueses, aludindo à Operação Miríade – a investigação de militares envolvidos em tráfico de diamantes, ouro e droga na RCA – e definiu os militares em "três palavras muito simples": "Vós sois o orgulho de Portugal".

"Um, dois, três, quatro, dez casos que possam existir, e que venham a ser punidos exemplarmente, não são milhares de militares portugueses em missões internacionais (...) essa reputação não é atingível, continua intacta, é o resultado de anos e anos de dedicação das nossas Forças Armadas", disse.

Naquela que será a décima missão de Portugal na RCA, Marcelo lembrou que estão naquele país africano por três motivos. “A primeira razão chama-se construção da paz que é inseparável de uma missão também humanitária. A paz, a estabilidade social, o apoio às populações, sobretudo aos mais carenciados, às crianças, às mulheres, aos mais idosos, aos mais dependentes num clima de conflito”, frisou.

Os comentários estão desactivados.