Economia

TAP. CEO espera ok para a reestruturação até ao Natal

Também João Leão espera que plano seja aprovado em breve.


Christine Ourmières-Widener, CEO da TAP, disse esta terça-feira esperar que a Comissão Europeia dê luz verde ao plano de reestruturação antes do Natal. Numa conferência de imprensa, citada pela Reuters, a presidente executiva da TAP afirmou também que espera que a empresa, no futuro, possa fazer parte da consolidação da indústria de aviação na Europa. Mas, atualmente, essa opção não é uma prioridade.

“Houve uma investigação profunda… o caso foi encerrado e respondemos a todas as perguntas”, disse Christine Ourmieres-Widener, em entrevista coletiva à imprensa estrangeira. E acrescentou: “Estamos agora nas discussões finais e nossa expectativa é ter a aprovação antes do Natal”.

Sobre este assunto, o ministro das Infraestruturas disse: “O facto de o plano de reestruturação não ter sido ainda aprovado não faz perigar a estratégia, nem a implementação do plano de reestruturação que nós estamos a implementar ao mesmo tempo que o estamos ainda a negociar com Bruxelas, mas ele está a ser implementado”, disse Pedro Nuno Santos. E acrescentou que “a verdade é que a TAP hoje tem já um nível de receitas que supera aquilo que estava previsto no plano de reestruturação”.

Aos jornalistas, o governante defendeu que a companhia aérea é “uma empresa que vai tendo problemas ou dificuldades circunstanciais que vão sendo superadas pela sua gestão” e que têm de ser encaradas com “naturalidade”.

Recorde-se que ainda esta segunda-feira o ministro das Finanças, João Leão, mostrou-se confiante com a aprovação do plano: “Estamos em contacto com a Comissão Europeia (CE) e contamos ter o plano aprovado o mais cedo possível”.